Participações Portuguesas no Estrangeiro - Volta à Suíça

From CycloLusitano
Jump to: navigation, search
TourdeSuisse.jpg
UCI WT 2.png

Contents

Resumo

Lugares no Top Ten

Lugar Ciclista Ano
Jersey yellow.png Rui Costa 2012
Jersey yellow.png Rui Costa 2013
Jersey yellow.png Rui Costa 2014
Acácio da Silva 1984
João Almeida 2024
Acácio da Silva 1988
José Freitas Martins 1976
Joaquim Agostinho 1972
Rui Costa 1980
Rui Costa 2016
Rui Costa 2021
Acácio da Silva 1983
Acácio da Silva 1985
Acácio da Silva 1987

Vitórias em Etapas

Ciclista Ano Etapa
Joaquim Agostinho 1972 3ª: Solothurn › Balmberg (cronoescalada)
Joaquim Agostinho 1972 10ª: Olten › Olten (c/relógio individual)
Acácio da Silva 1985 prólogo: Locarno › Locarno (c/relógio individual)
Acácio da Silva 1988 3ª: Zoflingen › Kandersterg
Rui Costa 2010 8ª: Wetzikon › Liestal
Rui Costa 2012 2ª: Verbania › Verbier
Rui Costa 2013 7ª: Meilen › La Punt
Rui Costa 2013 9ª: Bad Ragaz › Flumserberg (c/relógio individual)
Rui Costa 2014 9ª: Martigny › Saas Fee
João Almeida 2024 6ª: Ulrichen › Blatten
João Almeida 2024 8ª: Aigle › Villars-sur-Ollon (c/relógio individual)

Dias como líder no Tour de Suisse

Ciclista Ano nº de dias camisola
Rui Costa 2012
7
Jersey yellow.png
Rui Costa 2013
1
Jersey yellow.png
Rui Costa 2014
1
Jersey yellow.png

Vitórias na Montanha

camisola Ciclista Ano
Jersey lightblue.png
José Freitas Martins 1976
Jersey lightblue.png
Acácio da Silva 1983
Jersey lightblue.png
Acácio da Silva 1984

Vitórias nos Pontos

camisola Ciclista Ano
Jersey black.png
Acácio da Silva 1988

Vitórias no Combinado

Ciclista Ano
Acácio da Silva 1988


Historial das participações de ciclistas portugueses no Tour de Suisse

Início em 1933

Década de 1930

1935

25. Teófilo Lopes (Peugeot)

1936

27. Teófilo Lopes (Peugeot)

1937

Abandono: Teófilo Lopes (Peugeot)

Década de 1940

1946

Abandono: Joaquim Rebelo

Década de 1960

1965

Abandono: Alberto Carvalho (Flandria-Romeo)

Década de 1970

1971

33. José Azevedo Silva (F.C. Porto)
35. Joaquim Leão (F.C. Porto)
36. Joaquim Leite (F.C. Porto)
42. José Luís Pacheco (F.C. Porto)

Abandonos: Cosme Oliveira (F.C. Porto) e Manuel Sousa (F.C. Porto)

1972

5. Joaquim Agostinho (Van Cauter-Magniflex)
33. Leonel Miranda (Maerki-Bonanza)

Abandono: Firmino Bernardino  (Maerki-Bonanza)

Destaque:

  • Joaquim Agostinho, óptimo 5º lugar na Geral e 2 vitórias de etapas (no contra-relógio de montanha Solothurn Balmberg, de 12 km, e no contra-relógio final, de 25 km)

1976

4. José Freitas Martins (Kas)

Destaque:

  • José Freitas Martins, óptimo 4º lugar na Geral e 1º lugar no Prémio da Montanha

1977

18. José Freitas Martins (Kas)

1978

21. Joaquim Agostinho (Flandria)

Década de 1980

Acácio da Silva foi brilhante nos anos 80, obtendo um 2.º e um 3.º lugar na Geral final. Ganhou duas etapas e por duas vezes o Prémio da Montanha.

1983

8. Acácio da Silva (Eorotex-Mavic)
24. Joaquim Agostinho (Sem France-Loire)

Destaque:

  • Acácio da Silva, meritório 8º lugar na Geral e 1º lugar no Prémio da Montanha

1984

2. Acácio da Silva (Equipa Federal)

Destaque:

  • Acácio da Silva, excelente 2º lugar na Geral e 1º lugar no Prémio da Montanha

1985

8. Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

Destaque:

  • Acácio da Silva, meritório 8º lugar na Geral, 1 vitória de etapa (no contra-relógio inicial, de 6,5 km) e 3º na classificação dos Pontos

1987

9. Acácio da Silva (Kas)

Destaque:

  • Acácio da Silva, meritório 9º lugar na Geral

1988

3. Acácio da Silva (Kas)

Destaque:

  • Acácio da Silva, excelente 3º lugar na Geral, 1 vitória de etapa (Zoflingen-Kandersterg, 217 km), 1º na classificação dos Pontos e 1º na classificação do Combinado

Década de 1990

1993

13. Acácio da Silva (Festina-Lotus)

1994

Abandono: Acácio da Silva

Década de 2000

2004

42. Rui Lavarinhas (Milaneza Maia)
62. Rui Sousa (Milaneza Maia)
85. Bruno Castanheira (Milaneza Maia)
89. Pedro Cardoso (Milaneza Maia)

Abandono: Gonçalo Amorim (Milaneza Maia)

2009

13. Rui Costa (Caisse d'Epargne)

Década de 2010

2010

34. Rui Costa (Caisse d'Epargne)

Abandono, por atropelamento: João Correia (Cervelo)

Destaque:

  • Rui Costa, 1 vitória de etapa (Wetzikon - Liestal, 172.4km)

2011

70. Nelson Oliveira (Radioshack)

2012

1. Rui Costa (Movistar)
45. Sérgio Paulinho (Team Saxo Bank)

Destaque:

  • Yellow rider.JPG Rui Costa, HISTÓRICO TRIUNFO, na maior vitória portuguesa de sempre numa prova por etapas, até essa data. Venceu também uma etapa (Verbania-Verbier, 218,3km)

Rui Costa foi extraordinário na Volta à Suíça de 2012, vencendo uma etapa de montanha e envergando a camisola amarela durante sete etapas, desde o segundo dia até ao final. Pela primeira vez, um português inscrevia o seu nome no palmarés daquela que é considerada a 4.ª maior prova por etapas do mundo. Uma proeza notável!
Repetiria o feito nos dois anos seguintes, guindando-se a um lugar de relevo na história da Volta à Suíça.

2013

1. Rui Costa (Movistar)
119. Ricardo Mestre (Euskaltel-Euskadi)

Destaque:

  • Yellow rider.JPG Rui Costa, HISTÓRICO TRIUNFO, repetindo a vitória do ano anterior. Venceu também duas etapas: Meilen-La Punt (206 km) e Bad Ragaz-Flumserberg (26.8 km/contra-relógio)

2014

1. Rui Costa (Lampre-Merida)
22. André Cardoso (Garmin-Sharp)
63. Nelson Oliveira (Lampre-Merida)

Destaque:

  • Yellow rider.JPG Rui Costa, HISTÓRICO TRIUNFO, aumentando o seu domínio na volta helvética. Venceu também uma etapa (Martigny-Saas Fee, 156.5 km)

2015

36. André Cardoso (Cannondale-Garmin)

Abandono: Mário Costa (Lampre-Merida)

2016

7. Rui Costa (Lampre-Merida)
80. Bruno Pires (Team Roth)
103. Mário Costa (Lampre-Merida)

Abandono: Tiago Machado (Katusha)

Destaque:

  • Rui Costa, meritório 7.º lugar

2017

5. Rui Costa (UAE Team Emirates)
38. Nelson Oliveira (Movistar)

Destaque:

  • Rui Costa, óptimo 5.º lugar

2018

43. José Gonçalves (Katusha-Alpecin)	 
60. Nelson Oliveira (Movistar Team)

2019

56. Rui Costa (UAE Team Emirates)

Década de 2020

2021

7. Rui Costa (UAE Team Emirates)

- Destaque:

  • Rui Costa, meritório 7.º lugar

2022

25. Nelson Oliveira (Movistar Team)

Abandono: Rui Costa (UAE Team Emirates)

2023

João Almeida esteve brilhante em 2024, obtendo o 2.º lugar final, além de duas vitórias de etapas!
Abandono: Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty)

2024

2. João Almeida (UAE Team Emirates)
38. Rui Costa (EF Education-EasyPost)
51. Nelson Oliveira (Movistar Team)

Destaque:

  • João Almeida, excelente 2º lugar na Geral e 2 vitórias de etapas (numa chegada em alto e no contra-relógio final)





Participações Portuguesas no Estrangeiro

Personal tools
Namespaces

Variants
Actions
Navigation
Tools