Participações Portuguesas no Estrangeiro - Volta à Itália

From CycloLusitano
Jump to: navigation, search
Giro italia.jpg
UCI WT 2.png

Historial das participações de ciclistas portugueses na Volta à Itália

Contents

Década de 1970

1976

17.º  Fernando Mendes (Teka)

Abandono: Joaquim Agostinho (Teka)

- Destaque:

  • Fernando Mendes, meritório 17.º lugar na Geral

Década de 1980


1982

78.º  Acácio da Silva (Royal-Wrangler)

1983

97.º  Acácio da Silva (Eorotex-Mavic)

1984

23.º  Acácio da Silva  (Malvor-Bottechia)

1985

33.º  Acácio da Silva  (Malvor-Bottechia) 

- Destaque:

  • Acácio da Silva, 2 vitórias de etapas:

. Foggia-Matera (8.ª etapa-b)
. Crotone-Paola (10.ª etapa)
Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:
. San Eusebio (574m - 3.ª etapa)
. Costalunga (1.745m - 4.ª etapa)
. Monte Scuro (1.618m - 10.ª etapa)
. Forca d'Acero (1.535m - 14.ª etapa)
Acácio foi 4.º na Geral do Prémio da Montanha


Acácio da Silva esteve excelente no Giro de 1986, almejando 2 vitórias de etapas e o 7.º lugar na Geral. Portugal descobria nesse ano um novo herói que, por força das circunstâncias, fez toda a sua carreira no estrangeiro, obtendo por isso variadíssimos lugares de destaque nas principais corridas europeias. Em 1989 tornar-se-ia o primeiro lusitano a vestir a maglia rosa no Giro, feito que conseguiria mais tarde no Tour.

1986

7.º  Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

- Destaque:

  • Acácio da Silva, excelente 7º lugar na Geral e 2 vitórias de etapa:

. Avezzano-Rieti (9.ª etapa)
. Bassano del Grappa-Bolzano (21.ª etapa)
Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar na montanha de:
. Gardena (2.121m - 21.ª etapa)


1989

48.º  Acácio da Silva (Carrera)

- Destaque:

  • Acácio da Silva, 1 vitória de etapa:

. Catania-Etna (2.ª etapa) etapa de montanha, no monte Etna
Rose giro.gif Acácio foi 2 dias camisola rosa do Giro
Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:
. Etna (1.302m - 2.ª etapa)
. Cento Croci (1.059m - 20.ª etapa)


Década de 1990

1990

49.º  Acácio da Silva (Carrera)

1991

57.º  Acácio da Silva (Festina-Lotus)

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:
. Calvario (1.112m - 5.ª etapa)
. Colle Della Croce (1.163m - 5.ª etapa)
. Dell'Arone (509m - 7.ª etapa)
. Bocco (965m - 11.ª etapa)
. Camogli (254m - 11.ª etapa)
. Castello di Serie (657m - 19.ª etapa)


1992

46.º  Acácio da Silva (Festina-Lotus)

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar na montanha de:
. Santo Pantaleone (1.645m - 18.ª etapa)


1993

73.º   Acácio da Silva (Festina-Lotus)
116.º  Américo Silva (Artiach)

Abandonos: Orlando Rodriges (Artiach)

1995

41.º  Quintino Rodrigues (Sicasal-Acral)
83.º  Joaquim Gomes (Sicasal-Acral)
91.º  Serafim Vieira (Sicasal-Acral)

Abandonos: Manuel Abreu, Carlos Pinho e Pedro Silva (todos da Sicasal-Acral)
 - Nota: única equipa portuguesa no Giro, até hoje

1996

78.º  Quintino Rodrigues (Kelme-Artiach)

1999

51.º  Orlando Rodrigues (Banesto)

Década de 2000

José Azevedo brilhou a grande altura no Giro de 2001, obtendo o 5.º lugar final, a melhor classificação portuguesa de sempre. No entanto, a sensação que ficou é de que poderia ter ido ainda mais longe, não fosse a circunstância de ter de trabalhar para Olano, factor que o impediu de chegar ao pódio.

2000

66.º  Orlando Rodrigues (Banesto)
89.º  Cândido Barbosa (Banesto)

2001

5.º  José Azevedo (Once)

- Destaques:

  • José Azevedo, excelente 5º lugar na Geral

Nota: Azevedo foi segundo na 18.ª etapa


Década de 2010

2011

20.º  Tiago Machado (Radioshack)

- Destaque:

  • Tiago Machado, meritório 20.º lugar na Geral

2012

64.º Nelson Oliveira (Radioshack-Nissan)

2013

36.º Tiago Machado (Radioshack-Leopard)
61.º Bruno Pires (Saxo-Tinkoff)
81.º Nelson Oliveira (Radioshack-Leopard)
145.º Ricardo Mestre (Euskaltel-Euskadi)

2014

20.º André Cardoso (Garmin-Sharp)

- Destaque:

  • André Cardoso, meritório 20.º lugar na Geral

2015

21.º André Cardoso (Cannondale-Garmin)
97.º Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo)
149.º Fábio Silvestre (Trek Factory)

2016

14.º André Cardoso (Cannondale)

- Destaque:

  • André Cardoso, meritório 14.º lugar na Geral

2017

27.º Rui Costa (UAE Team Emirates)
48.º José Mendes (Bora-Hansgrohe)
60.º José Gonçalves (katusha-Alpecin)

- Destaque:

  • Rui Costa foi 2.º classificado em três etapas

2018

14.º José Gonçalves (Katusha-Alpecin)

- Destaque:

  • José Gonçalves, meritório 14.º lugar na Geral

2019

54.º Amaro Antunes (CCC Team)




Resumo

Lugares no Top Ten: 2

5.º lugar
- José Azevedo, em 2001 
7.º lugar
- Acácio da Silva, em 1986

Vitórias em Etapas: 5

Acácio da Silva, 5





Personal tools
Namespaces

Variants
Actions
Navigation
Tools