Américo Raposo

From CycloLusitano
Jump to: navigation, search
Américo Raposo Cycling pictogram svg.png
Américo Raposo.jpg

Flag of Portugal.gif Portugal
Américo Figueiredo Raposo
Nascido a 19.12.1932
(Lajeosa do Dão - Tondela)
Falecido em 17.01.2021
Profissional desde: 1951 a 1960


Equipas em Portugal:
  • Sporting (1951 a 1960)

104 vitórias


Principais vitórias:

1 Porto-Lisboa: 1954
1 Lisboa-Caldas da Rainha-Lisboa: 1958
14 etapas na Volta a Portugal

MaillotPortugal.png Campeão Nacional de Velocidade:
1951, 1952, 1953, 1957
MaillotPortugal.png Campeão Nacional de Ciclo-Cross:
1954


Ciclista do Ano do CycloLusitano:
  • 1953
  • Américo Raposo iniciou a sua carreira no ano de 1949, finalizando-a em 1960, sempre ao serviço do Sporting.
  • Filho do ciclista Joaquim Raposo e irmão de outros três praticantes da modalidade, o jovem Américo desde muito novo que se apaixonou pelas bicicletas, enquanto ouvia as histórias do seu pai e assistia às corridas do seu irmão Alberto, sonhando vir a ser um ciclista famoso. E conseguiu-o, sendo considerado um dos melhores velocistas lusos dos prodigiosos anos 50.
  • 1951 foi o ano da sua afirmação, onde, depois de se sagrar Campeão Regional de Fundo na categoria de Amadores e de participar no Campeonato do Mundo em Milão, foi promovido à categoria de Independentes, sagrando-se logo Campeão Regional e Nacional de Velocidade. Ao todo, viria a somar 28 títulos de Campeão de Velocidade e de Fundo.
  • Estreou-se na Volta a Portugal em 1952 e vestiu logo a Camisola Amarela ao ganhar brilhantemente o Circuito da Pista do Lima.
  • Defrontou na sua carreira vedetas como Anquetil, Bobet, Bahamontes, Kubler e Poblet, entre outros.
  • Em 1954, ganhou a maior clássica nacional, a Porto-Lisboa.
  • Após terminar a carreira de ciclista, foi treinador do Sporting, altura em que descobriu João Roque.

Contents

[edit] Palmarés

[edit] 1947

1º no Circuito de Lajes de Silgueiros
1º no Circuito de Tondela
1º no Circuito de Lajeosa do Dão

[edit] 1948

1º no Campeonato das Escolas do Sporting (Iniciados)

[edit] 1949

1º no Campeonato das Escolas do Sporting (Iniciados)
1º no Circuito da Encarnação
1º em Alvalade-Pinheiro de Loures-Alvalade
1º em Alvalade-Belas-Alvalade
1º em Alvalade-Alhandra-Alvalade
1º em Lisboa-Belas-Lisboa
1º no Circuito de Stº António do Tojal
1º no Circuito da Apelação
1º em Critério de Velocidade - Pista Alvalade
1º no Circuito de Nª Srª. da Ajuda
1º em Sobral de Monte Agraço
1º no Grande Prémio de Sangalhos
1º no Circuito de Caneças

[edit] 1950

1º no Campeonato Nacional de Velocidade (Amadores)
1º no Campeonato Regional Sul de Velocidade (Amadores)
1º no Campeonato Regional de Ciclo-Crosse (Amadores)
1º no Grande Prémio de Alcanena
1º no Circuito de Barcarena
1º no Circuito da Parada de Cascais
1º no Critério do Festival de Ciclismo do Louletano - Loulé
1º em Critério de Velocidade - Org. BS - Alvalade
1º em 1000m com partida lançada (pista)
1º em 1/2 Hora à Americana - Pista Alvalade
1º em 4 Provas de Perseguição - Pista Alvalade
1º em 9 Provas de Eliminação - Pista Alvalade
1º em 8 Critérios de Velocidade - Pista Alvalade

[edit] 1951

1º no Campeonato Nacional de Velocidade (Independentes)
1º no Campeonato Regional Sul de Velocidade (Independentes)
1º no Campeonato Regional de Ciclo-Crosse (Independentes)
8ºs Final em Perseguição no Campeonato Mundial de Ciclismo de Pista em Milão (Itália)
1º na Taça Ibérica atrás de Moto - E.J.A.
1º na Rampa do Vale de Santo António
1º no Grande Prémio de Lajeosa do Dão
1º no Grande Prémio de Sangalhos
1º no Circuito das Libras
1º no Circuito da Parada de Cascais
1º no Festival de Pista da Inauguração Pista Túlio Pereira na Malveira
1º em Lisboa-Gradil-Lisboa
1º em Contra-Relógio Lisboa-Carregado
1º em Prova de Handicap na Pista de Alvalade
3º no Circuito da Malveira

[edit] 1952

1º no Campeonato Nacional de Velocidade
1º no Campeonato Regional de Velocidade
1º no Campeonato Regional de Ciclo-Crosse
10º na Volta a Portugal, vencendo 2 etapas (uma delas a mais longa da história da Prova Rainha: Loulé-Setúbal-293 Kms)
1º na Prova de Abertura - 125 kms
1º no Circuito das Libras
1º em Festival de Pista em Alvalade (Perseguição/Australiana/Critério e Eliminação)
1º na Volta à Av. EUA - Ciclo-Crosse
3º na Rampa do Vale de Santo António
4º na Lisboa-Azambuja-Lisboa 

[edit] 1953

1º no Campeonato Nacional de Velocidade
1º no Campeonato Regional do Sul de Velocidade
2º no Campeonato Nacional de Estrada
3º na Clássica Porto-Lisboa
3º na Corrida de Preparação
4º na Rampa do Vale de Santo António

[edit] 1954

1º na XXV Clássica PORTO-LISBOA
1º no Campeonato Regional de Velocidade
1º no Campeonato Nacional de Ciclo-Crosse
1º no Circuito da Encarnação
1º na Rampa do Vale de Santo António
1º no I Circuito do Laranjeiro

[edit] 1955

30º na Volta a Portugal, vencendo a 1ª (Porto) e a 10ª etapas (Alpiarça)
3º na Volta a Lisboa
5º no Circuito da Malveira
7º no Circuito de Lisboa

[edit] 1956

1º na OMNIUM INTERNACIONAL - Inauguração do Estádio José Alvalade
1º em Meio-Fundo - Copa Ibérica - Estádio de Alvalade
1º no Festival de Inauguração da Pista de Alpiarça
1º na "Prova Associação"
1º no Campeonato Regional de Velocidade
1º no Campeonato Regional de Fundo
1º no Campeonato Nacional de Fundo por equipas
1º no Festival de pista (Meio fundo) - Taça Ibéria
1º na 5ª Etapa da XIX Volta a Portugal (Alvalade)
2º na Clássica Porto-Lisboa
2º na Volta dos Campeões
6º no Campeonato Nacional de Fundo

[edit] 1957

1º no Campeonato Nacional de Velocidade
1º no Festival de Ciclismo de Alpiarça
8º na Volta a Portugal, vencendo a 13ª etapa (Braga)
1º no Campeonato Nacional de Fundo por Equipas
9º na Clássica Porto-Lisboa

[edit] 1958

8º na Volta a Portugal, vencendo 6 etapas
1º na Taça Bento Pessoa
1º no Campeonato Regional Sul de Velocidade
1º em "2 Horas à Americana" - Inauguração do Estádio do Lima (Porto)
1º no Porto-Caminha-Porto
1º no Lisboa-Caldas da Rainha-Lisboa
2º no Campeonato Nacional de Velocidade
2º na Volta a Lisboa

[edit] 1959

1º na 1ª Etapa da Volta a Portugal (Alvalade)

[edit] 1960

45º na Volta a Portugal, vencendo a 18ª etapa (Espinho)
1º no Critério de 30 Voltas (Pista da Malveira)
1º em 1 Hora à Americana (Pista da Malveira)
1º em Contra-Relógio por Equipas (40 Km)

[edit] Etapas míticas

  • Guarda (Volta a Portugal): 1958





Os grandes campeões do ciclismo português

Personal tools
Namespaces

Variants
Actions
Navigation
Tools